Brownie

  • Bom dia ☁️
Café da manhã delícia pra começar o final de semana 💚
  • Amo me organizar! Trabalho em casa, tenho várias tarefas bem diferentes e gosto de ter tudo listado em um papel para dar conta do que precisa ser feito sem enlouquecer.
Sempre usei agenda e depois migrei para o planner, em 2020 será meu quinto ano seguido usando planner e não troco.
Esse bonito aí é da foto é o Meu Querido Planner, criado pela minha irmã @evinhac e por mim. E tu pode ter um também, ele está a venda na loja virtual da @amo.lapomme 🌈
🍓quem quiser 10% de desconto na finalização da compra é só usar meu cupom: ISAAMALAPOMME ❤️
  • As vezes é difícil, sabe? É difícil aqui dentro, difícil ver as coisas acontecendo ao nosso redor, ver as pessoas que a gente gosta sofrendo... Hoje acordei com a notícia que uma amiga da minha mãe não tá conseguindo nem comer direito porque tá com o filho no hospital em outro estado e ela não pode trabalhar porque precisa cuidar dele. E eles vivem isso faz tanto tempo, um menino tão forte que já fez muitas cirurgias no coração e que segue lutando para viver.
Mandei um pouco de dinheiro pra ela (e nessa horas queria ter muito pra ajudar muito), fiz um café da manhã quentinho e estou aqui tentando pensar positivo, mandar energia de cura para eles e ser grata pela vida que tenho ❤️
  • Fiz a tapioca mais linda da minha vida 💚
  • 2019 tá começando a dizer tchau, eu já to pensando em fazer um panetone sem glúten bem delícia e já tenho o meu planner de 2020 🥰
Um planner demais de lindo, feito no nordeste com matéria prima brasileira, por uma empresa familiar que está sempre em busca de uma produção ética e justa. E eu to muito feliz e orgulhosa de anunciar que faço parte disso ❤️
Obrigada @amo.lapomme por oferecer um produto tão maravilhoso e me deixar ser parte disso 🌈
.
Ele está a venda na loja virtual da @amo.lapomme.
Quem comprar vai no inbox me contar que capa escolheu? 🥰
🍓quem quiser 10% de desconto na finalização da compra é só usar meu cupom: ISAAMALAPOMME ❤️
  • Nunca vou cansar de incentivar vocês a saírem um pouco da rotina do pão com manteiga e café com leite. Existem tantos alimentos! Tantos! Mais coloridos, mais saborosos, mais nutritivos... vamos tentar variar um pouquinho o nosso café da manhã? Quem gosta da ideia? 😋
  • Melão, morango e geleia de framboesa com chia 🥰
  • A proteína que está “faltando” no meu prato é um ser vivo. Ela tem pai, mãe, irmãos, às vezes tem filhos. Ela sente frio, calor. Ela sente saudade, ela chora, ela sabe brincar. Ela dorme, faz xixi, fala (na língua dela, mas fala). Ela come, bebe, descansa.
Ela protege as outras proteínas do seu grupo.
Não está faltando proteína no meu prato nem no meu corpo. Deles transborda amor, empatia e respeito por todas as vidas que vivas estão. E elas não são proteínas, elas são animais que, como não conseguem se defender da crueldade da indústria, precisam do nosso apoio 💚
Pense nisso quando for se alimentar da próxima vez.

Com amor, Isa
🐮🐷🐣🐝🦆🐙🐠🦐🐄
.
Postei esse texto por aqui em 2017 e sinceramente poderia repostar todos os dias 💚
  • Bom diaaaaaa segunda feiraaaaa 🍓
  • Sempre recebo mensagens de pessoas que queriam gostar de salada “assim como eu”.
Olha só, eu sempre comi se tudo. Comer nunca foi um problema na minha vida, o problema mesmo sempre foi parar 😂
E estou aqui pra te dizer que eu nunca gostei de salada. Assim, gostaaaar gostaaar mesmo, não.
Quando eu penso nos meus pratos de criança, lembro bastante de feijão, arroz, macarrão, lasanha, batata, bife, frango cozido, ovo. Se eu comia salada, era alface e tomate e só.
Como é que, do nada, a Isabela adulta aqui quer amar salada? A Isabela que amava quando podia comer bolacha recheada, danoninho, fandangos, miojo, leite condensado...
Somos ensinados que devemos comer vegetais, mas crescemos vendo as pessoas comerem bife e nos recompensarem com mc lanche feliz e fanta no final de semana.
Então, se serve de consolo (e incentivo), estou me ensinando a gostar de salada. A fazer as combinações mais legais (sempre com passas 😂), a testar molhos saudáveis pra poder colocar um monte de uma vez só 😂, a me permitir entender que folhas tem uma textura diferente mesmo, e que pode ser gostoso também.
Hoje é muito mais fácil do que anos atrás e isso só aconteceu porque eu permaneço comendo mesmo sem amar. Hoje eu consigo comer uma salada e achar ela deliciosa (não sempre, mas consigo).
“Ah, Isa, mas porque vou fazer uma coisa que eu não gosto?”. Porque estamos aqui pra fazer coisas que a gente não gosta também. As coisas que a gente gosta são demais de legais, mas as que a gente não gosta nos fazem sair do lugar, sair da zona de conforto, mudar, evoluir, melhorar.
Tanta filosofia e é só uma salada 😂 mas pensem nisso (e comam mais salada).

Recomendo usar xícara e colheres de medidas

  • 2 xícaras de chá de farinha de trigo
  • 1 xícara de chá de açúcar branco
  • 1 xícara de chá de açúcar mascavo ou demerara
  • 1 xícara de chá de cacau em pó
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 colher de chá de fermento em pó
  • 1/4 xícara de chá de café preto (coloquei café no coador e joguei água fervente – deixei esfriar antes de fazer o bolo)
  • 3/4 xícara de leite vegetal ou água (usei uma mistura de leite de coco com amêndoa)
  • 1 xícara de óleo
  • Pedaços de chocolate, nozes ou o que preferir (opcional)
  • Pode usar só um tipo de açúcar, se você não tiver os dois
  • Pode usar café solúvel, mas mistura com água antes
  • Para bolos/brownies eu recomendo esses leites: castanha de caju, amendoim, amêndoa, etc.
  • Pré-aqueça o forno a 180°C (não mais, não menos)
  • Unte uma forma quadrada (recomendo 20x20cm) *usei 2 menores* com óleo e farinha de trigo ou cacau
  • Peneire todos os secos e misture bem (se o açúcar demerara não passar na peneira não tem problema)
  • Adicione os líquidos e misture suavemente com uma colher grande ou uma espátula até a massa ficar homogênea. Faça movimentos retos e delicados, caso contrário o brownie pode ficar muito pesado. Não se preocupe, a massa fica bem grossa mesmo
  • Caso vá adicionar chocolate ou nozes, essa é a hora
  • Despeje na forma e leve para assar por 25-30 minutos ou até o palitinho sair seco. NÃO ABRA o forno antes desse tempo.
  • Depois de assado, só esperar esfriar e comer (ou pode comer morninho também)

Isabela Mascarenhas

Baiana, designer e louca por animais. É apaixonada por comida desde sempre, mas só depois de adulta percebeu que não sabe se gosta mais de cozinhar ou comer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *