Pasta vegana de pimentão vermelho

  • Comecei bem o domingo!
Sanduíche de tofu com abobrinha e mostarda no pão de frigideira (sem glúten). A receita do pão tá no www.tocomendo.com.br, eu adicionei sementes de papoula.
Fiz o pão ontem de noite (pra adiantar), e hoje só montei e levei ao forno.
  • Frutas vermelhas ❤️
  • Hoje fomos em uma feira orgânica que tem todos os sábados no parque 💚
Essas foram nossas escolhas. Tem mais nos Stories 🌸
  • Meu prato: painço cremoso, abóbora e brócolis 🍲🥦
  • Henrique tá aproveitando bem a sexta feira 😂🍔🍟
  • Essa semana me alimentei muito mal e muito pouco. Infelizmente descontamos nossas emoções na alimentação e isso é péssimo!
Teve um dia que eu almocei mingau de aveia (!!!!!) e ontem, por exemplo, não jantei.
Se a gente se alimenta bem, a tendência é que nosso humor melhore e nossa qualidade de vida também. Por isso que eu acho que alimentação saudável tem que ser prioridade na vida!
Hoje acordei e dediquei os primeiros minutos do dia para fazer o café da manhã: pão de frigideira sem glúten, maçã (uma framboesa perdida ali), suco de laranja com frutas vermelhas.
Boa sexta 💙
  • A louca da energy ball encontrou uma pasta de tâmaras (só tâmara triturada).
Adorei, facilitou bastante pra fazer as bolinhas (principalmente quando eu ainda não tinha processador) e é ótima!
  • Bom dia, amores 🌷
Boa quinta pra vocês!
  • Temperinhos 🌿
  • Falafel 🥙💚
  • 2 pimentões vermelhos grandes
  • 5 dentes de alho grandes
  • 1/2 cebola grande
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • Sal e pimenta do reino a gosto
  • Asse os pimentões no forno a 260°C por 30 minutos (vire eles na metade do tempo)
  • Corte os alho e a cebola em fatias e refogue junto com o azeite por 6-8 minutos
  • Retire o topo e as sementes dos pimentões. Pode tirar a pele também, se quiser
  • Coloque tudo no processador ou liquidificador, adicione sal e pimenta do reino e vá pulsando até chegar na textura desejada.
  • Sirva com torradas, assados, pães, pizza, etc.

Isabela Mascarenhas

Baiana, designer e louca por animais. É apaixonada por comida desde sempre, mas só depois de adulta percebeu que não sabe se gosta mais de cozinhar ou comer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *